Renato Portaluppi se lamenta novamente e Grêmio fica no empate em 1 a 1 com o Fortaleza

Renato Portaluppi se lamenta novamente e Grêmio fica no empate em 1 a 1 com o Fortaleza

Grêmio deixou escapar dois pontos em casa no empate em 1 a 1 com o Fortaleza, neste domingo, na Arena, pela 10ª rodada do Brasileirão. Mas Renato Gaúcho evita críticas a sua equipe na análise sobre a partida.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na entrevista coletiva após o jogo, o treinador afirmou que o Grêmio foi “bem melhor” que o Fortaleza e elogiou a entrega do grupo para buscar o empate com Diego Souza, de pênalti. Mas ele também lamentou a “bobeira” no gol marcado pelo rival, que abriu o placar cedo, com Osvaldo.

A equipe novamente teve dificuldades para furar o bloqueio jogando contra um time que marca sobre pressão. Renato gaúcho voltou a elogiar a equipe e se lamenta por sempre jogar contra times retrancados, Na opinião de torcedores Renato deveria treinar mais para jogar contra times retrancados.

– O Fortaleza é carne de pescoço. Como foi difícil hoje. Apesar de minha equipe ter sido bem melhor. Criamos bastantes oportunidades. Não saímos com a vitória, mas nem por isso vou deixar de elogiar o grupo pela entrega. Tomamos o gol de bobeira no início, e sempre é muito difícil correr atrás do adversário – disse Renato Portaluppi.

– O Grêmio tem criado. Me deixaria preocupado se não criasse. O Grêmio sempre enfrenta equipes que jogam por uma bola. É muito difícil. Principalmente no momento em que você sai atrás. Eu não gosto desse tipo de jogo. Respeito. Mas jogar como time pequeno, meu time não vai jogar nunca. É difícil construir. Tem que pensar rápido. Mas a equipe tem criado. Hoje, não criamos tanto. O que falta é tranquilidade na hora de fazer o gol – Renato Portaluppi.

Melhores Momentos:

Fonte: Globo.com