Inter bate o Ceará e mantém liderança do Brasileirão

Thiago Galhardo o novo gentleman do sul | Créditos: Ricardo Duarte
Thiago Galhardo o novo gentleman do sul | Créditos: Ricardo Duarte

Se a Lei do Ex nunca falha, não seria o artilheiro do Brasileirão a deixá-la passar em branco. Com o brilho de Thiago Galhardo, o Inter venceu o Ceará por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, pela nona rodada, e mantém a ponta da tabela. O meia-atacante colorado, que atuou pelo Vozão no ano passado, fez os dois gols da partida, um em cada tempo, e chega a oito, o artilheiro isolado.

O Inter chega aos 20 pontos e segura a distância na liderança do campeonato. Está a três de Flamengo e São Paulo, segundo e terceiro colocados com a mesma pontuação. O Ceará perde a segunda consecutiva e soma 10 pontos, agora na 12ª posição.

O Ceará começou melhor, e o Inter voltou a errar na saída de bola. Em uma delas, Cuesta deu presente para Charles, mas o argentino conseguiu se recuperar e salvar o chute de Cléber em cima da linha. Os donos da casa só melhoraram depois dos 30 minutos. Fernando Prass foi bem em finalizações seguidas de Sarrafiore e Nonato. Então, o artilheiro do Brasileirão decidiu. Aos 43, Edenilson cruzou rasante da direita, e Galhardo se esticou para desviar para a rede.

O Inter voltou bem mais ligado para a segunda etapa. E quase ampliou com Edenilson e Boschilia nos minutos iniciais. O Ceará tentou chegar pelos lados, mas só chegou perto do empate em cobranças de escanteio. Aí o erro na saída de bola foi do Vozão, aos 30. Gabriel Lacerda foi desarmado por Boschilia na entrada da área, e a bola sobrou para o artilheiro Thiago Galhardo passar por Fernando Prass e marcar na boa.

O Ceará segurou o Inter em boa parte do primeiro tempo, aproveitou bobeiras da defesa, mas vacilou nas finalizações. Em duas oportunidades, jogadores colorados erraram passes em seu campo e deram o contra-ataque de presente para o Vozão. Na melhor chance, a bola chegou nos pés de Cléber, que chutou rasteiro. Cuesta se recuperou e salvou em cima da linha.

Fonte: Globo.com