Copa do Mundo 1994 – Brasil x Italia -Tetra Campeonato

Muitos de nós assistimos a redenção da seleção na Copa do Mundo 1994, quando ganhamos nossa quarta copa, nos tornando Tetra campeões mundiais.

Nesta copa dois gaúchos fizeram a diferença, Dunga, o capitão que comandou a equipe, com sua garra e firmeza.

Dunga o capitao do tetra
Dunga o capitao do tetra

Taffarel, que foi a muralha brasileira, fazendo defesas milagrosas que nos fizeram soltar o grito na garganta que estava entalado por muito tempo.

Taffarel - a muralha do tetra
Taffarel – a muralha do tetra

O Brasil fez a uma bela campanha: duas vitórias e um empate na fase de grupos: 2–0 contra a Rússia, 3–0 contra Camarões e 1–1 contra a Suécia; nas oitavas de final derrotou os Estados Unidos por 1–0; nas quartas de final eliminou os Países Baixos por 3–2; na semifinal, 1–0 frente à Suécia; na grande final, o Brasil jogou contra a Itália, o jogo terminou empatado em 0–0 nos 90 minutos do tempo normal e na prorrogação.

O Brasil conquistou o título após ganhar a disputa por pênaltis pelo placar de 3–2 e se tornou a primeira seleção tetracampeã mundial de futebol.

Foi uma Copa do Mundo de grandes surpresas. A Bulgária, que até ali em 6 participações anteriores jamais havia vencido um jogo de Copa do Mundo, superou grandes favoritos, sendo a 2.ª colocada em um grupo que tinha a Argentina, além de eliminar em um jogo emocionante a Alemanha, até então a Campeã mundial defensora, por 2–1 nas quartas de final. Chegou à semifinal e terminou em 4.º lugar.