Campeonato Gaúcho Pode Retornar na Segunda Quinzena de Julho

0
93
Campeonato Gaúcho Pode Retornar na Segunda Quinzena de Julho
Campeonato Gaúcho Pode Retornar na Segunda Quinzena de Julho

A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) já tem pronto o protocolo de medidas sanitárias para a retomada dos jogos no Rio Grande do Sul. A previsão é reiniciar o Gauchão na segunda quinzena de julho. A primeira rodada para encerrar o segundo turno está prevista para o dia 19, um domingo. Mas o aumento de casos e óbitos por Covid-19 no Estado pode frustrar os planos dos times participantes. Algumas regiões estão em alerta vermelho, o que aumentam as restrições e impedem atividades esportivas. Por isso, o presidente da FGF, Luciano Hocsmann, não descarta a possibilidade de realizar os jogos em sede única, ou seja, em uma cidade com dois estádios. Porto Alegre e Caxias do Sul são as mais cotadas. Equipes do interior estão retomando os treinos para retornar. A dupla Grenal já está treinando há mais tempo, mas apenas preparação física. Os coletivos ainda estão proibidos, devido ao contato físico que pode causar contaminação.

LATERAL JORGE ESTÁ NA MIRA DO GRÊMIO

A Conmebol tem planos de retomar a Libertadores em setembro. A entidade já tem um protocolo médico elaborado para todos os países sul-americanos. O problema vai ser o deslocamento nas regiões mais afetadas pelo coronavírus. A Argentina inclusive impediu vôos de chegada do Brasil, por exemplo. De olha na competição, o Grêmio precisa reforçar o grupo com a saída do ala Caio Henrique, que voltou para o Real Madrid. O lateral Jorge, ex-Flamengo e Santos, está na mira do Tricolor gaúcho. O jogador de 24 anos está no Monaco, da França, onde é reserva. Mas o empresário do atleta afirmou recentemente que não foi procurado pelo Grêmio e que não tem chance de sair negócio. Jorge não quer voltar para o Brasil neste momento em que o País é o epicentro da pandemia e onde os clubes estão passando por dificuldades financeiras. O Grêmio inclusive pretende reduzir em 25% os salários dos jogadores.

INTER DEPENDE DE SÓCIOS PARA TER RENDA

Sem a renda dos jogos e para enfrentar a crise financeira, o Internacional prepara uma campanha para conseguir mais sócios. Quem entrar agora no quadro social, receberá uma camiseta personalizada e terá o nome num memorial a ser construído no Beira-Rio. O clube também faz um apelo aos torcedores para manter as mensalidades em dia, a única receita do clube em tempos de pandemia. Segundo o vice-presidente de Administração, Victor Grunberg, houve uma inadimplência de 25% em maio. Com isso, o Inter deixou de arrecadar 2 milhões de reais. Em campo, Rodrigo Dourado renovou o contrato até o final de 2022. Dirigentes apostam na recuperação do volante, que era capitão do time antes da lesão. E Nonato está despertando a atenção de clubes do exterior. Por enquanto, o Inter descarta negociar o jogador de 22 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui